sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

Antigo Porto Velho Hotel





"Até os anos setenta o prédio da UNIR/Centro denominava-se de Porto Velho Hotel.
O autor do projeto foi o Arquiteto Leogin de Vasconcelos Chaves e sua construção iniciou-se em 1948 e
 foi acompanhada pelos Engenheiros José Otino de Freitas e Carlos Sales, tendo sido inaugurado
 em janeiro de 1953, com a presença de várias autoridades locais se destacando a do Governador do Acre. Na época foi um grande acontecimento para a vida social da cidade.
Está localizado na Av. Presidente Dutra, dominando com sua imponência grande parte da cidade.
O Governo do então Território do Guaporé entregou o prédio ao seu primeiro arrendatário o Senhor Henrique Valente que ali ficou administrando desde a sua inauguração (1953) até o ano de 1961. Depois teve como arrendatário o Senhor Abelardo Townes de Castro, no período de 1962 a 1963 e por último a Senhora Nilce  Lima Guimarães que permaneceu nos anos de 1964 a 1969. Era uma pessoa muito criativa e dinâmica; inovou o espaço, criando a Varanda Tropical, colocando chapéu de sol nas mesas, novidade na época, passando a ser o ponto obrigatório das personalidades da cidade. 
A partir daí por várias razões, entre elas o surgimento de outros meios de hospedagem, o Governo achou inviável o funcionamento do prédio como hotel, tanto que em 1974 o Porto Velho Hotel é desativado. No ano seguinte no Governo do Coronel Humberto da Silva Guedes o prédio sofre algumas reformas  internas com a finalidade de ali sediar as Secretarias do Governo.
No ano de 1979 surge o Palácio das Secretarias que ali se instalaram até a criação da Esplanada das Secretarias, onde até hoje abriga parte das Secretarias do Estado de Rondônia.
Logo depois surge a Fundação Centro de Ensino Superior de Rondônia – FUNDACENTRO, criada em 1975 com os primeiros cursos: administração, ciências contábeis e economia.
Inicialmente foi intitulada de Fundação Universitária do Município de Porto Velho, com a Lei Municipal nº 125 de 1976, foi modificada sua denominação para
Fundação Centro de Ensino Superior de Rondônia – FUNDACENTRO.
Com a criação do Estado de Rondônia, surge a Universidade Federal de Rondônia – UNIR, criada  pela Lei nº  7.011 de 08/07/1982. Mesmo passando por várias transformações internas, o antigo prédio do Porto Velho Hotel abriga a Reitoria e Pró-Reitorias da Universidade Federal de Rondônia, popularmente conhecido como prédio da UNIR/Centro.
 Continua imponente no seu espaço  retratando o marco de uma época de ouro na nossa cidade de Porto Velho.”

Fonte: Blog Orgulho de ser Portovelhense

quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Anjo Tem Asa?

Os anjos são normalmente representados como tendo asas, mas a Bíblia normalmente apresenta-os como aparecendo como homens(sem asas). Por exemplo, três anjos que apareceram a Abraão e ele a princípio pensou que fossem homens (Génesis 18:2). Da mesma forma, quando um anjo apareceu aos pais de Sansão, ele pensaram que ele era um "homem de Deus" (Juizes 13:9-10). Hebreus 13:2 diz que algumas pessoas "sem o saber acolheram anjos", indicando que eles se parecem como seres humanos normais.

Às vezes anjos aparecem de branco. Exemplos: João 20:12 e Atos 1:10. Mas asas nunca são mencionadas.

Existe uma passagem que descreve um anjo "veio, rapidamente voando" (Daniel 9:21), mas mais uma vez não são mencionadas asas. E não há razão para pensar que um ser espiritual necessite de asas para voar.

Existem duas criaturas semelhantes a anjos que têm asas, e esta pode ser a origem da ideia de que anjos têm asas. Querubins (Êxodo 25:20; Ezequiel 10) e Serafins (Isaías 6) são ambos descritos como tendo asas. No entanto, estes seres não são anjos. Querubins são criaturas viventes que agem como guardas da habitação de Deus. Para além de Génesis 3:24, as outras referências a querubins são todas a imagens ou visões. Serafim significa "criatura do fogo" e só são mencionados em Isaías 6 - uma visão de Isaías acerca da habitação de Deus.


Por Rob J. Hyndman.

Luíza Gomes